Confira os melhores passeios em Parauapebas!

Não é só de mineração que vive a região de Parauapebas. Todo o seu entorno é rico também em atrações naturais. São cavernas, trilhas e cachoeiras que merecem ser visitadas por todos que amam a natureza. Pensando nisso, a Equipe de Viagem, em parceria com a Cooperture, preparou uma lista das melhores opções da região. Em todos os passeis está incluso um condutor de atrativos naturais para que você não perca nada, a não ser o fôlego!

Cachoeira de Águas Claras

Uma das principais cachoeiras da região de Carajás encontra-se entre as Serras Norte e Sul e está localizada a cerca de 90 km. O percurso leva aproximadamente uma hora e meia, mas a recompensa vale a pena: a cachoeira apresenta duas quedas com águas cristalinas e frias, com temperatura próxima dos 15°C.

Ao seu redor está uma Floresta Ombrófila Densa, ou seja, mata sempre verde, com árvores emergentes de até 40 metros de altura. Lá se pode apreciar o canto do Cricrió Lipaugus vociferans, também conhecido como “Namorador”, considerada a mais barulhenta das espécies de aves amazônicas.

  • Descrição: Parada de 20 minutos na base de apoio. Trilha de 15 minutos até a cachoeira, com até 3 Horas de banho no local.
  • Saída às 08:00 Horas, na portaria de Carajás.
  • Duração 6 Horas
  • Distância 90 KM

Mirante da Mina de Ferro

Mirante da Mina de Ferro

A mina de ferro está localizada na Floresta Nacional de Carajás. Com quatro minas atuantes, a produção anual de milhões de toneladas de minério de ferro torna Carajás o maior complexo minerador a céu aberto do mundo.

Além do ferro, são extraídos manganês, cobre, entre outros minérios raros. Estão disponíveis para visitação dois mirantes na mina, onde pode ser proporcionada uma boa visão panorâmica da atividade de mineração.

  • Descrição: Passeio de carro pelo núcleo urbano de 15 minutos; meia hora de parada no mirante da mina do N4; parada de 15 minutos na loja de artesanatos.
  • Saída às 08:00 horas, da portaria de Carajás.
  • Duração 2 horas e meia
  • Distância 45 KM

Savana Metalófila com Cavernas

 

A Savana Metalófila, ou “canga”, é um ecossistema único, com grande importância para a preservação da biodiversidade amazônica, devido a sua singularidade, raridade e diversidade natural de espécies.

Neste cenário estão inseridas três floras típicas da região: Campo rupestre arbustivo, campos brejosos e capões de mata. Nessas áreas podem ser encontradas cavernas, cachoeiras sazonais e lagos nos topos das serras onde podem ser realizados banhos, mergulhos, natação, entre outras atividades.

Cavernas

A região da Serra dos Carajás apresenta a maior concentração de cavernas no Brasil, com aproximadamente 20% de todas as cavernas oficialmente cadastradas no país.

Devido às suas condições ambientais exclusivas, esse ecossistema apresenta uma fauna especializada para viver em ambientes escuros e sem vegetação nativa. Em outras palavras, esse é um passeio bem diferente porque revela coisas que a maioria das pessoas não está acostumada a ver.

  • Descrição: uma hora de passeio na Savana Metalófila e 30 minutos de visita nas cavernas.
  • Saída as 08:00 Horas, da portaria de Carajás.
  • Duração 4 Horas
  • Distância 65 KM

Trilha Lagoa da Mata

Trilha Lagoa da Mata

Partindo da portaria do complexo industrial de Carajás, a trilha percorre 2500 metros floresta adentro. Ótima para a prática de caminhadas na floresta, educação ambiental, observação de aves assim como outros animais silvestres. No final da trilha pode-se observar um lago que apresenta uma nítida impressão dos lagos que ocorrem nas áreas de savana Metalófila de Carajás.

  • Descrição: 1 hora e meia de trilha; parada de 15 minutos na loja de artesanatos. Opcional: almoço no restaurante do núcleo urbano.
  • Saída as 08:00 Horas, da portaria de Carajás.
  • Duração 3 horas
  • Distância 30 KM

Parque Zoobotânico

Localizada na Floresta Nacional de Carajás, O parque tem uma área equivalente a 30 campos de futebol. A maior parte deste terreno é de floresta nativa-apenas 30% do espaço é de área construída. O visitante pode ver a autêntica fauna e flora da Amazônia, sendo assim, não há plantas ou animais exóticos. Existem hoje 270 animais entre mamíferos, aves e répteis, de 75 a 80 espécies diferentes, soltos no parque, no habitat muito próximo do natural. Por mês, cerca de 10 mil pessoas passam pelo local, que foi inaugurado em 1985.

  • Descrição: Passeio de carro pelo núcleo urbano de 15 minutos; 1 hora e meia de passeio pelo Zoobotânico; parada de 15 minutos na loja de artesanatos.
  • Saída às 09:00 Horas, da portaria de Carajás.
  • Duração 3 horas
  • Distancia 30 KM

OUTRAS OPÇÕES

Serra Pelada

A Serra Pelada está localizada no sudeste do Pará, no município de Curionópolis, mas a 35 km do seu centro. Seu nome ganhou destaque nacional quando a região se tornou o maior garimpo a céu aberto do mundo, no começo dos anos 80.

Em 1982, o local foi cenário do filme “Os Trapalhões na Serra Pelada”, estrelado pela célebre trupe humorística Os Trapalhões. A chamada “corrida pelo ouro” abriu uma imensa cratera, com aproximadamente 200 metros de profundidade.

Garimpo das Pedras

Garimpo das Pedras

Localizado a 60 quilômetros do centro de Parauapebas, o Garimpo das Pedras é uma região de belezas naturais e minerais inigualáveis. Desde sua descoberta, há quase 30 anos, a jazida já produziu e exportou para vários países milhares de toneladas de ametista. O local apresenta uma piscina natural com águas termais, que proporciona um ótimo lugar para relaxar com amigos e familiares.

Quer saber mais? Procure a Equipe de Viagem – pelo telefone (11) 5078-8249 ou pelo e-mail lucia@equipedeviagem.com.br – e reserve seu passeio agora mesmo!

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.